eis-me aqui de volta

o coração fervendo
a cabeça partida
as pernas não bastando
os braços ainda curtos demais

mas um dia quem sabe
um dia

1 pensou em “eis-me aqui de volta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.